RECADINHO:

RECADINHO:
Quem entrar como seguidor do blog, favor deixar um comentário p/que eu possa retribuir.
Não dá mais p/entrar nos blogs através do espaço "SEGUIDORES".

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

CARRÉ ASSADO C/BATATA DOCE também assada e farofa de banana da terra

P/variar nas refeições, um carré cai sempre muito bem né não?
Eu adoro, e independente de ser uma delícia, é o tipo de carne que fica bem com diversos acompanhamentos. Dessa vez acompanhei com batata doce assada, que diga-se de passagem, fica deliciosa também.

Receita:
3 costeletas temperadas com:
Alho, sal, molho inglês, 1 colher de chá de colorau, cominho, 1 folha pequena de louro e 1 colher de sopa de vinagre. Deixei nessa marinada  por +- 3 horas (pode ser de um dia p/outro)...
Coloquei as costeletas dentro de um saco Assarápido junto com a marinada (conforme instruções  na embalagem do saco) e levei ao forno 180º preaquecido por +- 35 minutos. Depois desse tempo abri o saco, deixando ainda  no forno até as costeletas ficarem douradinhas, o que levou + uns 30 minutos. Na metade do tempo virei de lado e coloquei pedaços de margarina gelada sobre elas, isso foi feito p/que elas não ficassem ressecadas,
Aproveitei a crosta do saco, coloquei cebola fatiada e gotinhas de vinagre, formando um molho acebolado



P/as batatas:
Batatas doce quantidade a gosto
Cortei as batatas em cubos não muito pequenos, deixando-os de molho só em água (sem usar sal) p/não escurecerem. Reservei...
N/tigela coloquei azeite, pimenta do reino, orégano, alecrim e colorau (tudo a gosto). Reservei...

Montagem:
Retirei os cubos das batatas do molho secando-os muito bem. Depois de bem secos, coloquei os cubos na tigela reservada com os temperos misturando bem. Coloquei os cubos já temperados n/assadeira forrada com papel manteiga (colocar os cubos em uma só camada), reguei com um pouco mais de azeite (não precisa usar muito azeite), aí nesse momento é que temperei com o sal. Levei ao forno 220º preaquecido até os cubos ficarem macios e dourados. Virei de lado na metade do tempo. 
Deixei amornar p/retirar da assadeira




P/a farofa:
Aqueci 1 colher de sopa de óleo com 1 colher de sopa de manteiga, fritando rodelas não muito finas de 2 bananas da terra nessa mistura. Retirei e reservei...
Na mesma panela acrescentei cubinhos de 1/2 cebola deixando dourar bem. Acrescentei tempero de alho caseiro (pode usar alho socado) deixando dourar também levemente. Voltei com as rodelas das bananas p/a panela, coloquei + 1 colher de sopa de manteiga, temperei com sal e fui adicionando farinha de mandioca até chegar no ponto desejado (eu gosto da farofa + úmida).
Dica: Usei manteiga mesmo (MOCOCA)




P/ o jiló:
Dourei 1 dente de alho n/fio de azeite, acrescentei cubos de pimentões coloridos (verde, vermelho e amarelo) refogando bem. Acrescentei os jilós fatiados, refoguei, temperei com sal e pimenta do reino, tampei a panela (sem colocar água) deixando em fogo baixo até os jilós ficarem macios, mas bem al'dente (+- 7 minutinhos).
Dica: Desligue o fogo com os jilós cozidos bem al'dente pq o cozimento continua fora do fogo. Se deixarem eles muito macios ainda no fogo, eles podem se desfazer na hora de servir.






Acompanhou:
Arroz branco e salada de alface, tomates grape fatiados, cubos de queijo minas e azeitonas









AQUI MOSTRANDO A DELÍCIA...









Modo:















terça-feira, 15 de agosto de 2017

PÃO FRANCÊS (ou o mais próximo que já cheguei dele kk)

Eu sempre escutei que pão francês não pode ser feito em forno caseiro e por isso sempre passei longe das receitas que encontrava, mas dessa vez olhando o vídeo me pareceu que ia dar certo e eu resolvi experimentar. Claro que os meus não ficaram  iguais os vendidos na padaria, mas o sabor ficou bem próximo. Vou tentar outra vez p/ver se ficam mais bonitinhos.

Eu nem ia postar a receita, mas os pães ficaram tão gostosinhos que eu decidi postar p/que caso vcs queiram tentar, possam ver o vídeo onde peguei a receita. Se vcs olharem o vídeo vão ver que os pães ficaram  bem bonitinhos e iguais aos da padaria, então eu acho que vale a pena dar uma olhadinha. Mais embaixo eu deixo as dicas que eu acho do pq dos meus não terem ficado tão bonitinhos...

TÁ BOM, MEUS PÃES NÃO FICARAM BONITINHOS, MAS QUANDO VCS OLHAREM A FOTO DE UM QUENTINHO COM MANTEIGA, AH, AÍ GARANTO QUE VCS VÃO FICAR COM ÁGUA NA BOCA ... 
kkkk

Fonte da receita:

Receita do Adilson (a xícara que ele usa, acho que é de 150ml):
1/2 kg de farinha de trigo
2 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sobremesa de sal
2 colheres de sopa de fermento seco (+- 2 sachês)
1 colher de sopa de banha ou margarina (usei margarina)
1 colher de sopa bem cheia de melhorador de farinha (pode fazer sem, eu n/usei)
1 xícara de chá de água 

Ele colocou todos os ingredientes na sequência n/tigela, procurando colocar a água sobre o fermento. Misturou só sacudindo a tigela e deixou descansar por +- 1 minuto, aí sim começou a misturar com as mãos trabalhando bem a massa. Ele precisou de colocar bem aos poucos + 1 xícara de chá de água (no total ele usou 2 xícaras), mas isso vai depender da farinha usada. A massa ainda ficou um pouco grudenta, mas ele não usou mais farinha p/não endurecer o pão.  Deixou descansar por +- 1 hora, ou até dobrar de volume (com a tigela coberta)...

Dica minha:
Como no RJ estava muito quente, a minha massa dobrou de volume em menos tempo



Depois do descanso ele sovou bem a massa n/superfície enfarinhada, formou um rolo grosso, cortou em pedaços iguais, boleou  e deu uma achatadinha. Depois abriu cada pedaço c/as mãos mesmo e enrolou deixando a emenda p/baixo. Colocou n/tabuleiro untado e enfarinhado deixando um espaço c/ +- 3 dedos de distância entre eles  pq os pães crescem bem. Deixou os pães crescerem cobertos por +- 2 horas  (os meus cresceram bastante em bem menos tempo)...
Com um estilete ou uma gilete (bem afiados) ele fez um corte (profundo) no centro dos pães, mas muito levemente  sem forçar a mão p/os pães não murcharem. Levou ao forno preaquecido 250º por +- 25 minutos...






E A Í, FICARAM OU NÃO COM ÁGUA NA BOCA OLHANDO P/ESSA FOTO? kkkkk






MINHAS DICAS e modo:
1- Usei xícara de 240ml  e não precisei de 2 xícaras de água como ele, mas depois revendo o vídeo, vi que a xícara que ele usa parece a caneca de 150ml

2- Minha massa cresceu muito com menos de 1 hora de descanso 

3- Depois de modelados eles cresceram dobrando de volume em bem menos de 2 horas como na receita

4- Usei p/dar os cortes um estilete não muito afiado e com isso forcei mais a mão dando uma abaixadinha nos pães

5- Deixei pouco espaço entre os pães e eles grudaram

6- A assadeira com água no piso do forno, deixou os pães bem crocantes, que eu antes nem acreditei que fossem ficar



MEUS PÃES FICARAM COM GOSTO DE PÃO FRANCÊS MESMO, SÓ NÃO CRESCERAM MUITO NO FORNO POR CAUSA DA ABAIXADINHA COM O CORTE DO ESTILETE 


aqui mostrando que mesmo c/a massa ainda grudenta deu p/modelar bem na superfície enfarinhada







aqui mostrando como abaixaram depois dos cortes














TUDO BEM que não ficaram bonitinhos, muito menos com cara de pão francês de padaria, mas ficaram tão gostosinhos!  

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

AIPIM COM REQUEIJÃO, picanha fatiada, farofa de cenoura e salada

Eu sou muito fã de aipim, que também é conhecido como macaxeira, mandioca e outros nomes mais nesse "BRASILZÃO" de fartura que nós temos. O inacreditável é saber que mesmo com toda essa fartura, muitos brasileiros ainda passam fome nesse mesmo "BRASILZÃO". Bem, o nome não importa, o que importa é que além de saboroso o aipim também é super versátil, podendo ser usado em receitas doces e salgadas, receitas simples e sofisticadas e isso sem falar nos seus derivados, enfim, é por isso que  eu sou apaixonada por essa raiz. 

Receita (sugestão):
Aipim cozido em água e sal (quantidade a gosto)
Depois de cozido cortei em pedaços, coloquei n/assadeira, cobri com molho de tomate (usei caseiro), reguei com azeite, coloquei colheradas de requeijão e levei ao forno só p/aquecer


P/picanha:
Comprei a picanha já fatiada, mas confesso que a picanha não faz parte das minhas carnes favoritas. Dessa vez resolvi assar as fatias no forno (temperadas só com sal grosso), já que eram grossas o suficiente para que ficassem suculentas, mas puro engano, passaram-se 40 minutos, 50, 60 e nada, a carne continuava dura, então decidi fazer assim:
Retirei do forno, cortei em fatias +- finas e reservei...
Aqueci 2 colheres de sopa rasas de manteiga (usei manteiga mesmo) n/frigideira antiaderente, coloquei as fatias reservadas deixando dourar nos 2 lados, mas sem deixar ressecar, retirei e reservei...
Na mesma frigideira acrescentei fatias de cebola, refoguei sem deixar dourar, acrescentei gotas de vinagre, pouquinho de água, sal e pimenta do reino deixando em fogo baixo até a cebola ficar transparente e macia. Servi sobre as fatias da picanha reservadas. 



P/farofa de cenoura:
1 cenoura média ralada (ralo grosso)
Dourei 1 dente de alho n/panela aquecida com 2 colheres de sopa de manteiga, juntei a cenoura ralada mexendo por alguns minutos, temperei com sal e pimenta do reino, acrescentei 1 ovo inteiro, tampei a panela deixando em fogo baixo até o ovo ficar quase durinho. Nesse ponto quebrei o ovo (deixar em pedaços) com uma colher de pau, juntei farinha de mandioca aos poucos mexendo bem até chegar no ponto desejado.





Acompanhou:
Arroz branco, salada de brócolis, tomate, azeitonas e ovo cozido e ainda umas torradinhas de alho










Resultado:
Na vida e na cozinha quase tudo tem jeito, depende do modo que escolhemos p/resolver né não?



quinta-feira, 10 de agosto de 2017

BOLO DE MILHO DA SOLANGE

Eu não sei pq, mas quando o tempo fica mais fresquinho vem logo aquela vontade de fazer um bolo de fubá p/o lanche. Isso acontece com vcs também?
Como eu tinha anotado a receita do bolo de milho da Solange, ele foi então o escolhido. As receitas da Solange são todas super deliciosas, mas se vc ainda não experimentou uma receitinha dela, dá uma olhadinha no blog desse link, escolhe uma delícia entre as tantas que ela tem e depois me conta ok?
http://www.espacodasdeliciasculinarias.com/2014/11/bolo-de-milho-de-liquidificador.html

Receita  (xícara medida = 240ml):
1 lata de milho sem a água (ela usou 1 xícara de 240ml de milho coado (bagaço),  que sobrou do curau que ela fez)
3 ovos
1 xícara de chá de leite
1/2 xícara de chá de óleo (usei óleo de coco)
1 e 1/2 xícara de chá de açúcar
7 colheres de sopa de fubá
3 colheres de sopa de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento em pó

Modo:
Bata no liquidificador os ovos, o leite e o óleo. Acrescente o açúcar e bata, acrescente o milho e bata. Sempre batendo acrescente aos poucos o fubá e a farinha de trigo. Por último acrescente o fermento em pó e misture delicadamente. Coloque n/assadeira untada com margarina e leve ao forno p/assar até que o bolo fique dourado (faça o teste do palito). 
Deixe esfriar p/desenformar...


Dica da Solange:
A Solange assa todos os bolos em forno 250/280º pq o fogão dela é de  6 bocas e por isso o forno é mais fraco.  O seu, vc assa na temperatura que achar melhor no seu forno


Dica minha:
1- Usei o milho inteiro e não o bagaço
2- Usei óleo de coco
3- Assei no meu forno em 200º e levou quase 1 hora p/assar.  A textura ficou tipo um bombocado mais fofo
4- Ficou muito delicioso 
5- Usei uma assadeira retangular e 2 forminhas 







...aqui o bolo das forminhas


     aqui mostrando a textura...

terça-feira, 8 de agosto de 2017

MAIONESE ENFORMADA com espetinho de frango grelhado e bruschettas

Tem dias que é p/sair um almoço daqueles mesmo do dia a dia, mas aos pouquinhos esse almoço vai ganhando roupa nova e quando você percebe, aquele almoço que era p/ser um simples filé de frango com maionese virou um almocinho super legal. Se vocês prestarem bem atenção nas receitas, vão ver que o ingrediente mais caro que tem é o carinho.

P/a maionese:

1 cenoura em cubos cozida em água e sal (al'dente)
2 batatas pequenas em cubos cozidas em água e sal (al'dente). 
Obs: Eu não costumo juntar batata e massa na maionese, mas como era p/aproveitar só 2 batatinhas, resolvi juntar dessa vez 
2 ovos cozidos (usei as claras em cubos e reservei as gemas)
Ervilhas em conserva
Azeitonas picadas
Massa padre nosso (1 xícara medida crua) cozida al'dente e escorrida
Maionese (QB)

Modo:
1- Misturei todos os ingredientes e reservei...

2- Coloquei 1 das gemas reservadas n/tigela, amassei bem com um garfo, adicionei +- 1 colher de chá de azeite e pimenta do reino misturando bem. Aos poucos fui acrescentando maionese até chegar no ponto desejado, acertei o sal e juntei essa mistura aos legumes e massa reservados. Esfarelei a outra gema reservada, misturando tudo muito bem, mas delicadamente.

3- Untei uma forma de buraco com  azeite, coloquei a maionese já bem misturada e levei p/gelar por +- 4 horas antes de servir...
4- Desenformei e decorei com alface

P/os espetinhos:
Cubos de filé de peito de frango temperados com:
Alho, sal, molho de pimenta, cominho, 1 folhinha de louro e pouquinho de vinagre. Deixei descansando nessa marinada por +- 2 horas...
Sequei bem os cubos com papel toalha, montei os espetinhos alternando os cubos de frango com cubos de cebola e de pimentão. Coloquei um fio de óleo n/frigideira antiaderente de FUNDO GROSSO, deixei aquecer e grelhei os espetinhos. Depois dos espetinhos grelhados, retirei da frigideira e decorei com tomatinhos grape na ponta de cada um


P/as bruschettas:
1- N/tigela coloquei cubinhos de tomate, 1 dente de alho cortado em metades, temperei com sal, pimenta do reino, orégano e azeite e reservei...
2-  Fatias +- grossas de 1 pão italiano pequeno
Esfreguei um dente de alho nas fatias e levei ao forno p/dar uma leve torrada
Montagem:
Coloquei em cada torrada uma fatia bem fina de queijo minas e levei ao forno novamente só p/dar uma derretidinha. Sobre o queijo já derretido coloquei n/metade o tomate temperado e na outra metade cebola roxa caramelizada. 
Decorei cada uma com metade de azeitona recheada

P/a cebola caramelizada:
1 cebola roxa média p/pequena, 1 colher de sopa de manteiga, 2 colheres de sopa de azeite, 1 colher de sopa rasa de açúcar, 1 colher de chá de sal, 1 pitada de pimenta do reino gotas de vinagre
Modo:
Coloquei a manteiga e o azeite n/panela (sem deixar aquecer) junto com a cebola em fatias bem finas. Deixei em fogo baixo sempre mexendo. Assim que a cebola começou a murchar, puxei as fatias p/um cantinho da panela e no outro canto coloquei o açúcar deixando caramelizar. Misturei bem o açúcar já caramelizado com a cebola, continuando ainda em fogo baixo e mexendo até as fatias ficarem quase murchas. Nesse ponto acrescentei 2 colheres de sopa de vinagre (usei o de vinho branco), 1 colher de chá de sal e pitadas de pimenta do reino com cominho. Reguei com 1/2 colher de sopa de azeite, deixei ainda por + uns 2 minutinhos no fogo e retirei.


Depois de fria passei p/um vidro esterilizado p/ser usada também em outras saladas ...







E olha que o simples almocinho ficou  bom demais heim! kk

  E aí, gostaram?                             


segunda-feira, 7 de agosto de 2017

VOCÊ SABE O QUE É GRATIDÃO?

Vou te explicar o que é gratidão:
Assim que eu comprei um computador resolvi fazer um blog. Imagina a ousadia de uma pessoa que nunca pegou n/computador e que a única coisa que sabia fazer era teclar, isso por conta da herança da máquina de escrever. Gente, muita pretensão e ousadia mesmo pq fiz meu blog sozinha sem ajuda de ninguém. No início uma vizinha editava p/mim e só depois de muito tempo eu fui acertando alguns erros de português, ainda falta acertar alguns. Eu erro também pq não sou expert na língua, mas não tanto kkk.
Nesse (esse é um dos meus erros, mesmo sabendo eu nunca uso o este, neste, esta, nesta, não entendo o pq, mas não uso kk) tempo de blog eu tive diversos problemas e aprendi muito com o GOOGLE, mas teve uma pessoa especial que me deu atenção e me ajudou em diversas ocasiões, mesmo sem eu ser  cliente (acho que o termo é esse) dela.  Hoje p/minha surpresa quando eu entro no meu e-mail  encontro um carinho dessa pessoa que p/mim é tão ESPECIAL, nem mesmo ela sabe o quanto. P/vcs terem uma ideia do que estou falando, ela lançou uma BLOGAGEM COLETIVA no seu blog e por pura falta de tempo eu só tive (acho que) 2 participações na blogagem e mesmo assim recebi esse carinho. O nome disso p/mim é GENEROSIDADE!
Sim, eu recebo as novidades dela no meu e-mail e se vc quiser receber também, passa no blog dela e inscreve o seu e-mail, isso vai fazer vc melhorar muito mais o seu blog com certeza.

Bem, se eu ficar falando dela aqui, vou levar dias no computador...

Vou deixar aqui o link mostrando o carinho de que estou falando, o blog dessa pessoinha que eu RESPEITO TANTO E ADMIRO e principalmente demonstrando a minha GRATIDÃO ETERNA p/ela.
ELAINE, obrigada por tudo que vc tem feito por mim!

http://www.elainegaspareto.com/2017/08/5-blogs-de-culinaria-para-conhecer.html

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

FEIJÃO COM SALGADOS p/sobrar e depois virar bolinhos de feijoada deliciosos, e farofa com talos de brócolis

Eu já postei uma receita de feijão com salgados, receita (AQUI). Aqui no RJ chamamos de feijoada manca o feijão sem o pezinho, orelha e outros ingredientes da feijoada tradicional.  Dessa vez só usei carne seca, lombo, costelinha e linguiça PAIO, mas posso garantir que o feijão ficou delicioso.

Modo:
P/o feijão:
Deixei o feijão (1/2kg) de molho por 2 horas...
Salgados a gosto (dessalgados)
1 folha de louro
1 dente de alho
1/2 cebola média picada
Coloquei o feijão com os salgados (já todos dessalgados, menos o paio que foi só aferventado) n/panela de pressão com 1 folha de louro, o alho, a cebola e água suficiente para o cozimento. Deixei por +- 30 minutos em fogo baixo depois da panela chiar. Desliguei o fogo, retirei a pressão e reservei...
Dica:
O tempo de cozimento vai depender da qualidade do feijão 


P/o refogado:
Coloquei n/frigideira 1 colher de sopa de óleo e 1/2 cebola picada, refoguei bem até a cebola ficar quase dourada, juntei o alho e deixei terminar de dourar. Acrescentei esse refogado ao feijão já cozido e reservado, acertei o sal e deixei em fogo baixo por mais ou menos uns 10 minutos p/o feijão pegar o gostinho do tempero.


P/a farofa:
Quando eu compro brócolis japonês, uso os talos refogados em fritadas, farofas e mais o que vier na cabeça kkk
Modo:
Cortei talos de brócolis (quantidade a gosto) em rodelas bem fininhas...
Coloquei n/panela 2 colheres de sopa de manteiga (usei a MOCOCA) com 1/2 colher de sopa de azeite (o azeite é p/não deixar a manteiga queimar) e os talos do brócolis, deixei fritar levemente e juntei 1 dente de alho deixando dourar também levemente. Acrescentei 1 ovo inteiro, tampei a panela deixando em fogo baixo até o ovo ficar n/ponto de "quase" durinho. Nesse ponto quebrei o ovo com uma colher de pau (deixar o ovo em pedaços) e acrescentei a farinha de mandioca,  temperei com o sal, misturei muito bem deixando a farinha ficar cozidinha  e n/ponto desejado. Eu gosto da farofa bem úmida e quando é preciso acrescento mais um pouco de manteiga p/ficar nesse ponto (úmida). 


P/a couve:
Dourei 1 dente de alho n/fio de óleo, acrescentei a couve já bem fatiadinha e refoguei rapidamente em fogo alto. Coloquei o sal misturei bem e retirei do fogo (coloco o sal depois da couve refogada p/não criar líquido)


P/o aipim:
Aipim cozido em água e sal e depois salteado na manteiga (usei a manteiga MOCOCA) 



Molho:
Esse molho minha avó sempre preparava p/acompanhar a feijoada...
Refoguei 1 cebola pequena fatiada n/fio de óleo até murchar, mas sem deixar dourar. Acrescentei 1 dente de alho deixando dourar levemente. Acrescentei caldo do feijão (só o caldo), um pouquinho de água, vinagre e  molho de pimenta (quantidade a gosto), acertei o sal e servi à parte.







De vez em quando a gente pode saborear um prato desse sem culpa nenhuma!

Hummmm!

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

POTES DE CAPPUCCINO DECORADOS (com palha italiana e sequilhos dentro)

Quando vc tem mania de guardar as embalagens usadas e chega naquele momento que descobre não ter lugar p/guardar mais nada, o que fazer?
Depois de olhar os potes tão bonitinhos resolvi decorar com adesivos, colocar dentro quadradinhos de palha italiana embalados em papel celofane, outros com sequilhos e depois distribuir p/galerinha...

AQUI COM AS PALHAS:


JOGAR FORA? 
JAMAIS! kkk












Aqui os links onde vc encontra as receitas das palhas:
Palha italiana:
https://piteisdadinha.blogspot.com.br/2016/07/palha-italiana-com-limao-siciliano.html


AQUI COM OS SEQUILHOS:




ATÉ QUE FICARAM BEM BONITINHOS NÉ?










Aqui receitas dos sequilhos:
https://piteisdadinha.blogspot.com.br/2016/05/sequilhos-da-luci-e-mimos-que-recebi-de.html

Sequilhos com amendoim:
https://piteisdadinha.blogspot.com.br/2017/03/sequilhos-de-leite-condensado-com.html


AQUI QUANDO VC PREPARA UM LANCHE  QUE  NÃO DEU CERTO (RECEITA DA INTERNET) E QUE VOCÊ DECIDE  APROVEITAR  TAMPANDO  O  "BURACO" KKKKKK















AQUI MOSTRANDO O BURACO    QUE FICOU QUANDO RETIREI DO PAPEL ALUMÍNIO ...                  








               

AQUI JÁ COM O BURACO TAMPADO E MOSTRANDO QUE TUDO OU QUASE TUDO PODE SER APROVEITADO NA COZINHA...

Gente, falando sério, depois do buraco tampado isso ficou tão bom, mas tão bom, que eu me arrependi de ter jogado a receita fora

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...